terça-feira, 8 de setembro de 2009

Ludismo, Cartismo e Sindicatos.

O Movimento Ludita
Com a Revolução Industrial iniciada na Inglaterra, a situação da classe operária, agravava-se dia-a-dia. O excesso de mão de obra, em grande parte desqualificada, degradava os salários e acentuava a miséria do proletariado. Os patrões, por sua vez, necessitavam cada vez mais de produção. A solução era incorporação de máquinas cada vez mais eficientes que contribuísse para aumentar a produtividade. Uma característica dessas máquinas erapoderem ser operadas por um número menor de trabalhadores, permitindo aos patrõescontratarem menos funcionários.Os operários sentem ameaçados na sua sobrevivência e demonstram seu descontentamentoem numa ação um tanto quanto esdrúxula. Quebrando as máquinas.No início do século XIX, operários se reunião em grupos e protestavam invadindo fábricas e quebrando as máquinas industriais responsabilizando-as pela falta de emprego.

O Movimento Cartista
Se o movimento anterior teve pouco ou quase nenhum amparo ideológico, esse o cartismo, demonstra o aprendizado da classe trabalhadora na defesa de seus interesses.Novas táticas de lutas foram incorporadas e o proletariado partiu para um novo movimento reivindicatório.Em 1838, trabalhadores britânicos amparados pela Associação dos Trabalhadores Londrinos,iniciou um movimento de caráter reformista que ficou denominado de Cartismo.Teve esse nome derivado do fato dessas reivindicações serem feitas através do envio de cartas, petições ou abaixo assinados aos parlamentares ingleses exigindo reformas urgentes.A principal delas foi a Peoples's Charter (Carta do Povo) que exigia: Sufrágio universal, Voto secreto, Elegibilidade dos não proprietários, Igualdade dos distritos eleitorais, Renovação anualdo parlamento, subsídio para os parlamentares, dentre outras coisas.Para o parlamento inglês, composto de aristocratas e burgueses, era um absurdo.Não levaram em consideração estas pretensões. Para os patrões era inaceitável. “Paul Mantoux, na excelente obra A Revolução Industrial do século XVIII, destaca ocaráter das relações de trabalho nos primeiros tempos do capitalismo. Eram relações servis.Na Inglaterra, os patrões se referiam a seus empregados como” servos “(servants).E se recusavam a participar de comissões de arbitragem (estabelecidas pela lei) porque para” senhores “(masters) era inaceitável sentar-se na mesma mesa de negociação com servos.Foi necessário esperar 1875 para que a legislação trabalhista britânica extirpasse ostermos master e servant de seu vocabulário...”.Os operários, indignados com o descaso, reagiram dando origem a um foco de resistência quelevaria á formação de uma outra forma de luta: os sindicatos.Quatro anos depois, em 1942, nova carta ou petição seria enviada ao parlamento.Paralelamente, uma greve geral de trabalhadores agitava a Inglaterra. A má vontade edemora dos parlamentares em dar um retorno a essas exigências gerou uma série deagitações e uma onda de greves que duraria por cerca de 10 anos.O parlamento então cede e promulga sucessivamente leis que beneficiariam a classetrabalhadora. A repressão policial, no entanto, leva esse movimento a um declínio gradativo.Mas o cartismo, além de algumas conquistas sociais, teve outra importância. No decorrer do movimento, o proletariado foi assimilando, se identificando e propagandeando um conjuntode idéias políticas conhecidas como socialismo. Idéias essas que vinham de encontro aosanseios da classe oprimida.Mas já que falamos de socialismo, vamos nos estender mais um pouco sobre essa ideologiagestada no século XIX e que tanto gerou tanta dor de cabeça no prepotente capitalismo.Os primeiros socialistas não foram operários. Não foi Marx, nem Engels

14 comentários:

Anônimo disse...

oi...adorei esse site...é td q precisava p/ ser feliz....otima auto ajuda....a questao da loucura é mto boa...parabéns

Anônimo disse...

Putinhas kd o ludismo

tinha que ser essas putas veia

Anônimo disse...

kd o ludismo galinhas..

quero aproveitar e mandar vcs tudo toma no cu.. fdps

Anônimo disse...

nuss.. que blog veio vcs nãaao sabem nem dar espaço...
vcs tem que tudo e ir da o toba ow ver RedTub.com
suas puta veia

Anônimo disse...

nuss.. que blog veio vcs nãaao sabem nem dar espaço...
vcs tem que tudo e ir da o toba ow ver RedTub.com
suas puta veia

Anônimo disse...

Parabéns, muito esclarecedor, boa sorte a vocês ;D

Anônimo disse...

Romana, Rafaela e Sabrina, amo vocês

Anônimo disse...

Alguém aqui neste recinto gostaria de chupar meu cu

Anônimo disse...

Anônimos mal educados e ignorantes, acho que ''putas veias'' são a mãe de vocês que não lhe deram educação!
Enfim, o texto e o blog são ótimos!!

Anônimo disse...

texto maravilhoso! amei ajudou muito no meu trabalho

Anônimo disse...

me ajudou mt parabéns

Anônimo disse...

Nada

Anônimo disse...

O texto estava muito bem escrito e resumido...ignorem as pessoas que tiveram a pouca vergonha que o texto de voces estava ruim e espero que continuem a postar e ajudar nos navegadores da internet a achar novas informações.

Anônimo disse...

Muito bom